Para um trânsito melhor.

Todos sabemos que muitos dos atuais acidentes são causados por imprudência dos condutores para com a sinalização no trânsito. De forma geral, as cidades se movem através de vias, que por sua vez, precisam de uma organização para que todos os envolvidos no trânsito consigam trafegar e chegar ao seu destino de forma rápida e segura. Para isso, há todo um planejamento, que se baseia em leis do CTB (Código de Trânsito Brasileiro) e normas do CONTRAN (Conselho Nacional de Trânsito).

Para que entendamos a importância e eficácia da sinalização no trânsito, primeiramente precisamos conhecer conceitos básicos sobre os tipos de sinalização, que são:

• Sinalização Vertical;

• Sinalização Horizontal;

• Dispositivos de sinalização auxiliares;

• Sinais luminosos;

• Sinais Sonoros;

• Gestos do Agente de Trânsito e do Condutor.

Dentre esses tipos de sinalização, o que mais estamos acostumados a ouvir, é sobre sinalização vertical e sinalização horizontal. Mas afinal, o que é sinalização vertical? E horizontal?

• Sinalização Vertical: É aquela cuja implantação é feita nas laterais ou acima das vias. Ela se divide em outros três grupos, que são:Placas de regulamentação: que impõem sobre obrigações dos usuários (ex: parada obrigatória); Placas de advertência: que advertem sobre condições perigosas da pista. (ex: passagem de pedestre); Placas indicativas: que situam os usuários quanto localidades, distância entre lugares, serviços e educação (ex: Belo Horizonte 75Km).

• Sinalização Horizontal: É aquela cuja marcação é feita sobre a pista de rolamento (ruas), com a utilização de símbolos, linhas, marcações e textos. Exemplos: Setas direcionais, faixa de travessia de pedestres, linhas de divisão de fluxos. Levando em consideração essas definições, podemos perceber o quão importante é a sinalização para um trânsito melhor e também a importância de respeita-la, pois é inimaginável pensar uma cidade funcionando sem as mesmas.

A Geoline Engenharia sabendo dessa importância, desenvolve diversos projetos de sinalização, visando sempre atender as normas da nossa legislação para que nossa locomoção do dia a dia seja cada vez mais segura e eficiente.

Por Pietro Nunes