Pavimento é uma estrutura de múltiplas camadas de espessuras finitas, construída sobre a superfície final de terraplenagem, destinada técnica e economicamente a resistir aos esforços oriundos do tráfego de veículos e do clima, e a propiciar aos usuários melhoria nas condições de rolamento, com conforto, economia e segurança.

O pavimento rodoviário classifica-se tradicionalmente em dois tipos básicos: rígidos e flexíveis. Os pavimentos rígidos são aqueles em que o revestimento é uma placa de concreto Portland, os pavimentos flexíveis são aqueles em que há o revestimento asfáltico.

A estrutura do pavimento é formada por três camadas principais: revestimento, base e sub-base.

Os pavimentos asfálticos são aqueles em que a camada de revestimento é composta por uma mistura constituída basicamente de agregados e ligantes betuminosos, e são os ligantes betuminosos responsáveis pela cor preta característica da pavimentação. Hoje em dia, o mercado se dispõe de vários tipos de revestimento e diferentes técnicas de aplicação, porém, é comum utilizar em grandes obras o Concreto Betuminoso Usinado a Quente (CBUQ).

A pavimentação no brasil ainda caminha a passos lentos. De acordo com o DNIT apenas 13% das rodovias nacionais são pavimentadas, aproximadamente 221.820 quilômetros de 1,7 milhão de quilômetros de estradas. Consequentemente, o setor de transporte e mobilidade, de serviços e pessoas, sofre diariamente com a precarização das rodovias.

Gustavo Medeiros